Apresentação do grupo Elos no Integra 2019 (Foto: Felipe Corrêa)

Em tempos de medidas restritivas e de isolamento social, diversos festivais de dança estão realizando suas competições em versões online. Atentas a esse novo formato de concurso, as bailarinas do Grupo de Dança Elos, da Fundação de Apoio a Escola Técnica (Faetec), da unidade de Quintino Bocaiúva, participaram do Festival Nacional de Dança Vidança com o envio de vídeos caseiros de suas coreografias. As apresentações foram um sucesso entre os críticos e as alunas da Rede subiram ao pódio virtual três vezes.

O resultado da premiação ocorreu na terça-feira, dia 5 de maio, com a transmissão de vídeo online, por meio das redes sociais do festival Vidança. A aluna Maria Eduarda Flor ficou em primeiro lugar na categoria “Solo Livre Juvenil”. Mariana Grangeiro também conquistou o primeiro lugar na categoria “Solo Contemporâneo Infanto”, e em terceiro lugar, em “Jazz Solo Juvenil”, ficou a bailarina Caroline Lima. Todas as apresentações ocorreram sob a supervisão da professora da rede e criadora do grupo, Erika Lopes.

Sempre com muita dedicação e trabalho, a dança entrou na vida da bailarina Maria Eduarda Flor há mais de nove anos. “Desde pequena tinha o sonho de fazer um solo. Nós sempre participamos de festivais, mas foi muito difícil atuar nesse, por ser online. Eu fiquei muito nervosa esperando o resultado. Quando ouvi o meu nome, dei um grito e fiquei muito feliz”, afirmou a aluna da Faetec.

O Festival Nacional de Dança Vidança está na décima segunda edição e conta com a apresentação de diversos grupos e academias de dança de todo o país. Para a professora Erika Lopes, foi um desafio participar da competição. “Tudo isso é muito novo para nós. Serviu como experiência. Deu trabalho porque as alunas criaram o solo por vídeo, e eu tive que orientar os movimentos a distância, além de ajudar a escolher a roupa adequada para a dança. No final deu certo e fiquei muito feliz”, disse Erika Lopes.

O Grupo Elos, criado pela professora de Educação Física e Dança Erika Lopes há 18 anos, capacita bailarinos no Centro de Educação Física e Esportes da Faetec. Hoje, a equipe de dança conta com 15 alunas, de oito a 16 anos, que têm aulas de balé moderno, jazz e dança contemporânea.