Luisa Lins

Em outubro o Tabajaras ganhou a biblioteca “Mundo da Lua”, inaugurada pela moradora Raíssa Luara de Oliveira. O intuito da jovem, de 12 anos, é incentivar a leitura e a educação em um ambiente com diversas atividades gratuitas. A abertura aconteceu na Rua Euclides da Cunha, na Associação dos Moradores, Tabajaras Cabrito. O espaço conta com oficinas de artesanato, desenho, reforço escolar, aulas de teatro, ballet, contação de histórias para as crianças menores, entre outras atividades.

Lua, como gosta de ser chamada, foi à Bienal do Livro, este ano, e observou muitas crianças que se interessavam pelos livros, mas não tinham dinheiro para comprá-los. Com isso, procurou a vice presidente da Associação de Moradores do Tabajaras, Vânia Ribeiro, que aceitou o projeto e a ajudou. “Eu vi a oportunidade de começar naquele dia. Entrei em contato com a Vânia, que me auxiliou a viabilizar tudo, junto com minha mãe, Fátima, e com uma das pessoas da diretoria do Shopping Cidade Copacabana, Ede Lamar, que também produziu camisetas”, explica.

A menina conta que quando era mais nova não gostava de ler. Isso mudou quando completou 10 anos e conheceu o livro “Diário de um Banana”, pelo qual se apaixonou e a inseriu no universo das histórias. “Com a leitura, a gente viaja, aprende a conversar melhor e, para mim, sem ela, não somos ninguém. Acredito que ler muda o mundo”, completa.

Sua mãe conta que Lua quer participar de todas as etapas: é ela quem organiza, pinta, carrega as caixas e realiza toda a preparação. Já foram doados para a biblioteca cerca de 4 mil livros. “A Lua é muito determinada e ela quer fazer dar certo. Além de apoiá-la, eu darei as aulas de artesanato. Sem a ajuda de todos os voluntários e moradores, nós não conseguiríamos”, afirma. Fátima explica que mesmo com a empolgação da menina e seu apoio, ela não permite que a filha falte aulas na escola para se dedicar a essa ocupação, nem que deixe de cumprir as obrigações escolares.

“Nós estamos dando duro, mas eu tenho certeza que vai valer à pena e que iremos mudar a vida de muitas crianças da comunidade”, finaliza Lua.