Agentes atuantes em prol da cultura e do conhecimento, o Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, geridas pela ACAM Portinari, possuem diversos canais virtuais que compartilham, gratuitamente, informações sobre meio ambiente, educação e arte. Neste período de reclusão, os equipamentos reforçam a disponibilidade dos conteúdos on-line.

O primeiro exemplo é a visita virtual pelos espaços. O interessado pode passear pelos jardins do Museu, reconhecer obras importantes de Felícia Leirner e, ainda, admirar a paisagem do entorno. Ao ingressar no Auditório, conferir a obra-prima da arquitetura e um espaço cultural privilegiado que conta com 814 assentos e uma infraestrutura invejável para os bastidores.

Outra dica para os navegantes da rede são as exposições virtuais, como 40 anos: 04 fotógrafos e 40 fotos; Meu Museu em um Clique: Como Eu vejo o Local Onde Trabalho; Felícia Leirner Natureza e Arte, dentre outras.

História Oral é outro projeto do Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro que pode ser contemplado virtualmente. Este inclui captação e publicação de depoimentos de pessoas que tenham histórias de vivências junto à artista, ao maestro ou aos equipamentos culturais, para dividir suas narrativas, registrando momentos que ajudam a reconstruir a história e possibilitam o acesso desse conhecimento para as futuras gerações.

As crianças também conseguem mergulhar na cultura na página Divirta-se do site. O setor reúne jogo da memória, leitura de livros de cordel e disponibiliza músicas clássicas para embalar os dias e aprender mais sobre os compositores.

Interessados em conferir essas sugestões e muitas outras devem acessar o site www.museufelicialeirner.org.br.