Luisa Lins

     O projeto “Ninho de Livros” consiste em promover a troca de livros com o intuito de incentivar a leitura, de forma simples e acessível. Em forma de “casinha de passarinho”, as bibliotecas colaborativas, instaladas nos postes da cidade, possibilitam a interação entre leitores, onde os cidadãos podem escolher um exemplar e doar outro. Apesar de o objetivo popular, a iniciativa, organizada pela agência de marketing Satrápia, está parada pela falta de apoio de parceiros.

     Para a coordenadora Myrtes Mattos, é lamentável a falta de apoio de empresas e parceiros. “A proposta não é tão barata, mas gostaria muito de ter mais gente ajudando para realizar ações de incentivo à leitura”. No momento, o programa está paralisado por falta de apoio, mas alguns moradores ainda o impulsionam”, afirma. A página do grupo aponta que já houve 40 unidades dos ninhos espalhadas por bairros diversos, mas atualmente, há poucas apenas nas seguintes localidades: Botafogo, na Praça Nelson Mandela; Jardim Botânico, no Parque Lage; Lagoa, no Baixo Bebê; Leblon, na Avenida Ataulfo de Paiva e Copacabana, na Praça Sarah Kubitschek, local que recebeu a “casinha” pioneira.

     Apesar da falta de suporte, Myrtes insiste nesse tipo de trabalho. Ela explica que o “Ninho de Livros” remete a uma ideia educativa e vai além de uma estratégia de divulgação.“Nós queremos apresentar a proposta não só para público nos conhecer, mas para entender a necessidade de aderir a esses hábitos”, completa.

Foto: Divulgação

     Para a moradora da Lagoa Rodrigo de Freitas, Bruna Knoploch, a iniciativa é essencial não só pelo estímulo ao amor pela literatura como também para a reciclagem das obras de forma  gratuita.“Os livros são imprescindíveis para qualquer ser humano. São uma forma de comunicação que está

 se perdendo com a ascensão da tecnologia. As pessoas estão sem tempo e cada vez favorecendo mais as imagens, que são de rápida identificação. Esses costumes estão ficando pra trás e no futuro, vamos perceber a falta dela nos dias de hoje”, finaliza.