Editora Posto Seis

Editora Posto Seis
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1.133 loja 111
Cep. 22070-010 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 2523-7853 - Fax: (21) 2521-9597

Editorial | Publicidade | Jornais de Bairros | Mapa Turístico | Contato

Jornal Posto Seis

Edição 468. Clique para ampliar...

Especiais Posto Seis

Edição 2015 - Natal. Clique para ampliar...

Jornal Via Ipanema

Edição 118. Clique para ampliar...

Jornal Via Flamengo

Edição 124. Clique para ampliar...
SurfRio
Solar Meninos de Luz

Maracanã (Estádio Jornalista Mário Filho)

O maior estádio do mundo, e um dos mais famosos, está localizado no Rio de Janeiro e é um dos pontos turísticos mais visitados da Cidade Maravilhosa. O Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã, possui uma área interna destinada a história glamourosa de seus gramados, que já receberam os maiores nomes do cenário esportivo e cultural. Lá dentro é possível encontrar o Museu do Futebol, que expõe objetos importantes utilizados por diversos jogadores, além de muitas outras curiosidades. Painéis de fotos mostram ídolos do futebol em atuação no campo, além de estrelas da música que já tocaram por lá em grandes produções. A visita guiada, que acontece em dias que não tenham partidas marcadas, passa também por uma calçada da fama, que ostenta os pés de grandes nomes do esporte gravados em placas de bronze. O passeio permite uma caminhada por todos os ambientes do estádio, inclusive aqueles frequentados apenas pelas equipes, em dias de jogos. Uma oportunidade única de conhecer, de pertinho, destalhes do futebol brasileiro.

A história do Maracanã começou em 1938, quando representantes brasileiros afirmaram, em um congresso realizado pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) em Paris, o interesse de sediar a próxima Copa do Mundo. Em abril do ano seguinte, o então presidente da Fifa, Jules Rimet, conheceu o Rio de Janeiro, para avaliar a possibilidade de realizar os torneios ali, no entanto, até então a Europa era favorita para essa missão. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, 1946, os países da Europa ficaram impossibilitados de receberem um evento dessa magnitude e o Brasil voltou a ser visto como uma boa opção. Após algumas negociações, foi aprovado como sede. Para atender as exigências da federação, era preciso construir um grande estádio, capaz de comportar o evento. Assim, em 1947, o prefeito do Distrito Federal do Rio de Janeiro, General Ângelo Mendes de Moraes, abriu um concurso público para o projeto do local. A equipe vencedora da licitação era formada pelos arquitetos Waldir Ramos, Raphael Galvão, Miguel Feldman, Oscar Valdetaro, Orlando Azevedo, Pedro Paulo Bernardes Bastos e Antônio Dias Carneiro.


No ano seguinte, com o trabalho liderado pelo engenheiro Paulo Pinheiro Guedes, iniciaram-se as obras do Estádio Jornalista Mário Filho, que ganhou esse nome em homenagem ao profissional, por ele ter sido um dos grandes incentivadores do projeto. O apelido famoso veio em decorrência do nome do bairro no qual está inserido que, por sua vez, foi nomeado dessa forma por conta da existência de algumas aves na área. Em Tupi, "maracá' significa chocalho e "nã", semelhante. Assim, pelo pássaro, da família Psittacidae, que voava pela região, emitir um barulho parecido com um chocalho, passou a ser chamado de maracanã pelos índios que um dia habitaram o bairro.


O estádio foi inaugurado em 1950, onde antigamente se localizava o Derby Clube, um grande hipódromo, com um amistoso entre times do Rio e de São Paulo, realizado em 16 de
junho. Porém, a estreia grandiosa do gramado aconteceu no final do mês, quando teve início a Copa do Mundo. O evento, entretanto, não foi muito satisfatório para o público brasileiro, que presenciou a derrota do país para o Uruguai. Cinco anos depois do início do funcionamento do local, foi inaugurado, ao seu lado, uma arena semelhante ao Maracanã, mas de menores proporções e completamente coberta. O local foi construído para sediar o II Campeonato Mundial de Basquete, disputado em 23 de outubro de 1954. Por ser muito parecido com o estádio, o ginásio logo foi apelidado de "Maracanãzinho". No entanto, seu nome oficial é Ginásio Multiúso Gilberto Cardoso, concedido em homenagem ao ex-presidente do Clube de Regatas do Flamengo, que morreu na arena, após a vitória de seu time em uma partida de basquete. O irmão mais novo do Maraca, como é apontado por algumas pessoas, se tornou igualmente famoso. O espaço também teria em sua história acontecimentos importantes. Jogos de Basquete, Vólei, Futsal e Judô lotam, constantemente as arquibancadas do lugar, que recebe, ainda, apresentações musicais internacionais, como os espetáculos Holiday On Ice e Disney On Ice.


Em 1999 o Maracanã passou por sua primeira grande reforma, a fim de modernizar o ambiente para sediar mais um evento ilustre, o Mundial de Clubes da Fifa, que aconteceu no ano seguinte. Ainda em 2000, em comemoração aos 50 anos do estádio, foi inaugurada por lá uma nova atração, que encanta os visitantes até hoje, a Calçada da Fama. A área, desenvolvida para homenagear os jogadores considerados mais importantes, fica em um espaço interno onde personalidades como Pelé, Garrincha, Zagallo e João Havelange deixaram gravados seus pés em placas de mármore, fixadas em áreas arredondadas que lembram o formato de bolas oficiais da federação. No meio dos pés, uma placa redonda indica o nome da personalidade e, ao mesmo tempo, faz alusão a posse de bola. No caso de goleiros, as mãos são gravadas da mesma forma e a placa com o nome, posicionada igualmente no centro da estrutura, indica suas defesas memoráveis.


Em 2005, uma nova reforma foi feita no espaço, para melhorar ainda mais a estrutura do lugar. Na época foram instalados acentos individuais, além de grandes telões digitais, posicionados estrategicamente atrás das balizas. Como consequência positiva desse investimento, dois anos depois, outro grande acontecimento marcou os gramados do estádio que, dessa vez, sediou os Jogos Pan-Americanos de 2007, sendo palco das cerimônias de abertura e encerramento, além das semifinais e finais das partidas de futebol feminino e masculino.


Em agosto de 2011, o Maracanã fechou as portas para a maior mudança de sua história. As obras tiveram como propósito a adequação do ambiente ao chamado "padrão Fifa de qualidade", já que o país foi eleito como sede da Copa do Mundo de 2014 e da Olimpíada de 2016. Os portões do estádio abriram novamente somente após dois anos e oito meses e a ocasião foi marcada por muitas polêmicas, já que muita coisa foi modificada lá dentro e alguns torcedores lamentaram a descaracterização do local. Do antigo Maracanã, restou apenas a tradicional fachada, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o interior foi completamente modernizado. A área, de 124 mil m2 construídos, passou a ter, desde então, 17 elevadores, sendo oito deles panorâmicos, além de 12 escadas rolantes e seis rampas. A arquibancada, por sua vez, ganhou cadeiras confortáveis, dispostas em alas de cores que compõe a bandeira do Brasil. Além disso, todos os setores internos, como vestiários, banheiros, camarotes e tribunas foram refeitos, em uma reforma que totalizou um investimento de R$808,4 milhões de reais.


A nova reabertura do Maracanã ocorreu com um jogo-teste, no dia 24 de abril de 2013, em uma disputa simbólica entre dois times formados por jogadores consagrados, um deles nomeado de "Amigos do Romário e, o outro, " Amigos de Bebeto", dois grandes nomes do futebol brasileiro. Grande parte do público, no entanto, não pôde conferir o jogo de perto, já que na plateia havia apenas familiares dos operários que atuaram na reforma e ganharam como homenagem serem os primeiros a assistirem a reestreia dos gramados. A nova inauguração, aberta para o grande público aconteceu dois meses depois, em 21 de junho, durante uma partida entre os times Vasco e Fluminense. Desde então, o "gigante do futebol", como costuma ser chamado pelos torcedores, segue sendo uma grande atração popular, que agrada a todos os amantes do futebol e encanta curiosos do mundo todo.

Fontes:
In: http://www.maracanario2014.com.br/fatos-historicos/
In: http://www.maracanario2014.com.br/historia-do-maracana/
In: http://www.suderj.rj.gov.br/maracana.asp
In: http://www.sppert.com.br/Brasil/Rio_de_Janeiro/Esporte/Est%C3%A1dio_Maracan%C3%A3_/
In: http://www.maracanaonline.com.br/curiosidades/
In: http://www.cbv.com.br/v1/ligamundial/maracanazinho.asp
In: http://worldjudorio2013.com/historia_mzn
In: http://www.riodejaneiroaqui.com/portugues/maracana-visita.html

Voltar...


FaceBook...
Flickr...
Mantenha-se informado:
 
Rio Turístico...
Turismo...
Resumo das Telenovelas...
Condomínio...
Comunidade...
Gourmet...
P6 Saúde...
Mapa de Copacabana (1.3Kb)
Clique para fazer o download...
Mapa de Ipanema (1.4Kb)
Clique para fazer o download...
Locais de Distribuição:
CLIQUE AQUI!
 
Compras Coletivas...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Industria Virtual...

Os textos assinados são de responsabilidade dos autores,
que os cederam gentilmente e podem não refletir a opinião do editor.