Editora Posto Seis

Editora Posto Seis
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1.133 loja 111
Cep. 22070-010 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 2523-7853 - Fax: (21) 2521-9597

Editorial | Publicidade | Jornais de Bairros | Mapa Turístico | Contato

Jornal Posto Seis

Edição 454. Clique para ampliar...

Especiais Posto Seis

Edição 2015 - Natal. Clique para ampliar...

Jornal Via Ipanema

Edição 111. Clique para ampliar...

Jornal Via Flamengo

Edição 117. Clique para ampliar...
SurfRio
Solar Meninos de Luz

Barra da Tijuca

A Barra da Tijuca é um bairro nobre, localizado na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Teve desenvolvimento tardio, se comparado ao eixo central do município, mas nem por isso deixou de alcançar grande destaque na organização urbana e na cultura carioca. Apesar de ser marcado por influências norte-americanas e ter o formato de uma catedral do Capitalismo, possui as praias mais limpas da cidade e alcança paraísos naturais que parecem não pertencer ao contexto de urbanização ocorrido na região.

Em 1667, as terras que correspondem à região da Barra da Tijuca, então pertencentes à Dona Vitória de Sá e Benevides, foram doadas por testamento ao Mosteiro de São Bento. Os religiosos abriram três engenhos que ocupavam quase metade da região que hoje compõe o bairro. A comunicação com o centro da cidade era feita através de rústicas estradas abertas por eles.


Com o declínio do comércio da cana de açúcar e mais tarde do café, os latifúdios foram fragmentados e vendidos como pequenas propriedades e os beneditinos foram quase à ruína. Em 1900 a maior parte das terras foi vendida para a Saneadora Territorial e Agrícola S.A., ainda hoje, grande detententora da posse desses terrenos. A concentração de grandes extensões de terra nas mãos de poucos, foi um dos fatores que mais influenciaram o lento crescimento da região. Outro aspecto que culminou nesse fato foi o acesso, sempre difícil, à região em relação ao Centro da Cidade.


O desenvolvimento dos transportes na Barra da Tijuca foi diferenciado em comparação ao que ocorreu nas demais áreas do Rio de Janeiro, em especial nos súburbios, que também tiveram um desenvolvimento tardio em relação ao eixo central da cidade. Na Barra, os transportes sempre foram encabeçados pelas estradas, por onde passavam animais e mais tarde os automóveis.


Até 1960, todos os esforços para conectar a Barra às demais regiões da cidade visavam atender àqueles que procuravam o lazer das belas e limpas praias da região ou ao escoamento da escassa produção agrícola que ainda havia. O novo bairro esteve desde a sua fundação intimamente ligado a Zona Norte e a Tijuca, alguns até dizem que ele foi uma "invenção tijucana".


Em 1969 foi lançado o Plano Piloto da Barra, coordenado pelo arquiteto Lúcio Costa. O projeto tinha como objetivo regular a urbanização e a ocupação da área - que já começava a se estender desarmoniosamente - seguindo uma linha de execução bastante racionalista. A partir de então, abriu-se uma enorme fronteira de expansão imobiliária na cidade, causando uma nova onda de urbanização, que atingiu seu ápice na década de 1980. Hoje, a arquitetura do local, mesmo se distanciando bastante das propostas iniciais do Plano, apresenta um formato diferenciado em relação às demais zonas da cidade. Lá, são predominantes as vias expressas, os grandes centros comerciais, hiper mercados, condomínios autônomos e impressionates shopping centers, frequentados por habitantes de todas as áreas da cidade.


O Jardim Oceânico é um sub-bairro, no início da Barra, que tem um aspecto bem difererenciado do restante da região. Sua disposição arquitetônica e urbanística assemelha-se bastante aos bairros da Zona Sul. O local é o "point" da vida noturna de todo o bairro, é um verdadeiro polo gastronômico, possui muitas boates e bares que fazem a diversão de cariocas de todas as zonas da cidade. É também o lugar escolhido para receber a primeira estação do metrô na Barra, que integra a Linha 4, projeto resultante da eleição do Rio de Janeiro como cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2016, a ter seus eventos predominantemente realizados nos domínios do bairro.


O bairro se distingue ainda por ter muitas áreas verdes, entre elas o Bosque da Barra, onde é possível fazer piqueniques e praticar esportes ao ar livre, entre outros. Ainda há a Reserva da Praia da Barra, que engloba quase metade da extensão litorânea do bairro. Além das belezas naturais, das praias e bosques, existem as opções urbanas. A Barra possui uma pista de boliche muito apreciada, que une harmoniosa a diversão desse esporte com uma agradável gastronomia.


A parte da praia da Barra mais próxima ao quebra-mar é denominada Praia do Pepê, em homenagem ao falecido esportista carioca Pedro Paulo Guise Carneiro Lopes, que além de frequentar a área, lá ergueu seu quiosque, que visava atender às necessidades dos praticantes de esporte, como o surfista. Assim, tornou-se famoso por seus sucos e por ser um dos primeiros - se não o primeiro - do Brasil a fazer os ainda mais celebrados sanduíches naturais. A Praia do Pepê é um dos destinos mais procurados para os praticantes de diversos esportes, como o surf, o stand up paddle e o kite surf e muitos artistas famosos.


Ao contrário da superlotação que toma as partes iniciais da Praia da Barra, a Praia da Reserva é uma faixa lintorânea mais reservada que conserva ainda a beleza de uma praia pouco explorada não só por pessoas, mas principalmente por capitalistas. O acesso é um pouco distante e preferencialmente feito de carro, já que não é uma área servida de transportes públicos.


A Praia da Macumba localiza-se no Pontal de Sernambetiba e é também bem mais tranquila em relação à parte inicial da extensão litorânea da Barra da Tijuca. É um reduto de surfistas, em especial longboarders (pranchão), pois sua constituição geográfica é boa para essa modalide


Frequentada por amantes da natureza e de esportes ligados a ela, como o surf, a Prainha é mais um paraíso ecológico localizado na urbanizada cidade do Rio de Janeiro. Faz parte da Reserva Ecológica da Prainha e apresenta, além de sua bela praia, uma área de Mata Atlântica preservada em que é possível se abrigar do sol e até mesmo fazer trilhas. O acesso é feito preferencialmente de carro ou pelo "Surf Bus", que sai da Zona Sul em direção aos "picos". Oferece serviços de quiosques e um excelente restaurante especializado em frutos do mar.


A Prainha faz parte de uma Área de Proteção Ambiental (APA) que constitui o Parque Municipal Natural da Prainha, ou simplesmente, Reserva da Prainha. É um local de natureza preservada, que oferece trilhas para serem feitas pelos visitantes, além de dependências que oferecem duchas de água doce, playground para as crianças e energia gerada por painéis solares. Nos limites da reserva há um mirante onde se pode vislumbrar os bairros da Barra da Tijuca, do Recreio e de Jacarepaguá, além de parte da própria Prainha. Possui o apoio e a proteção dos surfistas, amantes do local e de suas belezas.


Um paraíso natural impecavelmente preservado, a Praia do Abricó faz divisa com Grumari e com a Prainha. Uma característica, contudo, o diferencia das outras praias paradisíacas da região, é o fato de que ela é uma das poucas praias reconhecidas pela Federação Brasileira de Naturalismo. A prática do nudismo é regulada pela Associão Naturista da Praia do Abricó. Para os que pretendem se desligar do material e entrar em pleno contato com a natureza, Abricó é o lugar perfeito. Um pouco além da praia, está o restaurante Cabana da Praia, que oferece ótimas opções de refeições a base de peixes e frutos do mar.


Fontes:
In: http://www.barradatijuca.com.br/canal/bairro-barra/historia/
In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Barra_da_Tijuca_(bairro)
In: http://www.rio.com/practical-rio/barra-da-tijuca
In: http://www.wikirio.com.br/Barra_da_Tijuca
In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jardim_Oce%C3%A2nico
In: http://www.pepe.com.br/pepe/index.htm
In: http://www.rio.com/practical-rio/pepe-beach
In: http://www.rio.com/practical-rio/praia-da-reserva-beach
In: http://www.praias-360.com.br/rio-de-janeiro/rio-de-janeiro/praia-do-pepe#.Umpnn3A3tBk
In: http://www.todorio.com/rio/barra/praiadopepe
In: http://postozero.com/ar-livre/praias/ponto-da-praia/praia-do-pepe
In: http://www.wikirio.com.br/Sandbox:_Praias_do_Rio
In: http://www.timeout.com.br/rio-de-janeiro/na-cidade/venues/705/praia-da-reserva
In: http://www.wikirio.com.br/Sandbox:_Praias_do_Rio#Praia_da_Reserva
In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Praia_da_Macumba
In: http://www.guiadepraias.com.br/praia.php?id=1047
In: http://www.timeout.com.br/rio-de-janeiro/na-cidade/venues/606/praia-da-macumba
In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Prainha_(Barra_da_Tijuca)
In: http://www.timeout.com.br/rio-de-janeiro/na-cidade/venues/607/prainha
In: http://www.guiadepraias.com.br/praia.php?id=245
In: http://trilhavirtual.com.br/2009/08/17/protecao-ambiental-10-x-0-construcoes/
In: http://www.parquepedrabranca.com/p/prainha-e-grumari-belos-recantos.html
In: http://www.institutoiguacu.com.br/Parques/prainha.htm
In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Praia_do_Abric%C3%B3_(Rio_de_Janeiro)
In: http://www.wikirio.com.br/Praia_de_Abric%C3%B3
In: http://www.terra.com.br/turismo/especial/nudismo_abrico.htm
In: http://www.trilhaseaventuras.com.br/blog/index.php/2013/03/praia-do-abrico-o-paraiso-naturista-no-rio-de-janeiro/

Voltar...


FaceBook...
Flickr...
Mantenha-se informado:
 
Rio Turístico...
Turismo...
Resumo das Telenovelas...
Condomínio...
Comunidade...
Gourmet...
P6 Saúde...
Mapa de Copacabana (1.3Kb)
Clique para fazer o download...
Mapa de Ipanema (1.4Kb)
Clique para fazer o download...
Locais de Distribuição:
CLIQUE AQUI!
 
Compras Coletivas...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Compartilhe...
Industria Virtual...

Os textos assinados são de responsabilidade dos autores,
que os cederam gentilmente e podem não refletir a opinião do editor.