Diariamente, as areias do Posto 6 se tornam a academia de Antônia Alteodina Herígia. Aos 98 anos, ela mantém sua rotina de exercícios, realizados por conta própria, e apontados pela própria como segredo de sua saúde. Frequentadora da área desde que se mudou para a região, em 1951, ela se tornou bastante conhecida na região e chama a atenção pela boa forma e pela saúde.

       Antônia é natural de Nova Friburgo, na Região Serrana, e se mudou para Copacabana com sua família quando seu pai foi transferido para trabalhar no Rio. Na época, era apenas estudante, mas foi nessa época que iniciou o hábito repetido até atualmente. “Venho todo dia. Quando chove, faço os exercícios em casa. Não fico nenhum dia sem fazer”, comenta.

        A prática começou ainda antes dessa data: “Meu pai não deixava ninguém dormir até tarde”, menciona, citando que ele batia na porta para acordar os filhos e os estimulava a fazer ginástica. Em sua visão, essa rotina é o segredo de sua saúde: “Não sinto nada. Isso cura tudo. É saúde, não vaidade”, sugere.

        Após o casamento, dedicou-se à vida doméstica ao lado de seu marido, de quem é viúva, e sua filha. “Ele já foi há dez anos. Foi muito bom, mas cada um tem seu tempo”. Nesse período ao lado dele, asssistiu de perto as mudanças de Copacabana. “Era muito diferente de tudo. A gente andava no calçadão e não tinha ninguém”, lembra. A evolução urbana foi bem recebida pela moradora, que ainda é apaixonada pelo bairro: “Gosto de tudo (na rua). O trabalho de casa, para mim, é horrível, aí saio também à tarde para conversar e pegar ar, o que é muito bom”.

         As quase sete décadas na região do Posto 6 fizeram dela uma personalidade na área. “Pelos anos que faço ginástica aqui, me tornei muito conhecida. Nunca ninguém mexeu na minha bolsa. No início, eu até ganhava peixinhos dos pescadores. Hoje, os que estão aqui devem ser os netos”, finaliza, enquanto segue se alongando.

Dicas dos benefícios da atividade física para a terceira idade:

A fisioterapeuta (CREFITO 2/268099-F) e educadora física (CREF 4059/G-RJ) Márcia Maranhão, especializada em gerontologia, enumera os benefícios da atividade física para a terceira idade:

  • dá funcionalidade ao idoso;
    • evita perda de massa muscular, protegendo-se da sarcopenia;
  • diminui a perda de massa óssea, evitando a osteoporose;
  • melhora a capacidade cardiorespiratória;
  • evita a depressão devido a descarga de hormônios no cérebro;

Além disso, quando os exercícios são realizados em grupos, também ajudam na socialização