Rose Abdallah em “Medeia” (Foto: Divulgação)

A atriz Rose Abdallah estreia no dia 4 de julho “Ata-me as mãos aos pés da cela”, às 19 horas no Youtube no canal da companhia “Banquete Cultural”, que está completando sete anos. A adaptação é uma livre adaptação de “Medeia”, de Eurípedes; com a “Medeia Material”, de Heiner Müller; e as “Leis da Gravidade” de Jean Teulé, em meio a poemas, ensaios, escritos e entrevistas de Adélia Prado e Simone de Beauvoir, e poderá ser assistida em todos os sábados do mês.

Neste trabalho, Rose, que é moradora de Ipanema, divide o palco com Beth Grandi e Elton Lellis. Juntos, os três protagonizam a leitura dramatizada, adaptada e dirigida por Jean Mendonça. Além da encenação, o público também pode acompanhar os ensaios e as fotos pelo canal do grupo.

O trabalho vem em sequência aos comemorativos dos 30 anos de carreira da atriz, celebrados em 2019. Para marcar a data, a artista produziu o monólogo “Eu só queria que você não olhasse pro lado”, de Herton Gustavo Gratto, encenado por ela mesma e direção de Guta Stresser; e produziu, dirigiu e atuou em “Follow-me Baby”, de Ivan Jaff, em outubro e novembro daquele ano e janeiro e fevereiro de 2020

Estes não foram os únicos trabalhos de Rose em 2019. Como integrante da companhia “Os Fodidos Privilegiados”, participou da montagem de “Abumjara Presente”, encenado em vários teatros do Rio e no Festival de Teatro de Curitiba. O grupo está presente em quase toda sua carreira: ela se tornou membro há 26 anos e, em dois deles, junto com outros atores, pesquisou toda a obra de Nelson Rodrigues, resultando em mais de 12 livros lançados com o escritor Rui Castro e a editora Companhia das Letras.

Na quarentena, tem se dedicado a outro estudo coletivo: Hamlet. Dessa vez, o objetivo é se preparar para os 30 anos da companhia, que serão marcados com uma montagem de “Um Certo Hamlet”, com nova roupagem e direção de João Fonseca.