A coletânea “Programa Encontro Marcado com a Cultura”, idealizada pela radialista Arleni Batista, foi lançada no dia 25 de outubro, na reunião mensal do Centro de Literatura do Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana, realizada nas últimas quintas-feiras de cada mês, às 16h. A mesa foi composta pelos fundadores e coordenadores do Centro, Mara Joaquim e Antônio Pereira, e pela autora do livro, que tem apresentação da presidente da Rede Sem Fronteiras de Comunicação e da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (RJ), Dyandreia Valverde Portugal.

Para iniciar a programação, o esposo de Dyandreia, Flávio Valverde, representou-a, lendo a introdução da obra, que é uma antologia em verso e prosa. O exemplar comemora o primeiro ano do programa apresentado por Arleni na Rádio Bandeirantes 1360KH e no site www.encontromarcadocomacultura, todo domingo, às 10h. A coletânea foi editada pelos membros do Centro, que, em seus encontros ordinários, reúne os participantes para a realização de palestras, lançamentos de livros e declamações de poemas.

O Centro é conhecido como a “Casa do Artilheiro da Cultura” e foi criado em 2006, com o objetivo de promover a interação entre autores, disseminar cultura, incentivar a cidadania e alicerçar a paz, na observância dos preceitos patrióticos do Exército Brasileiro. Para se tornar um membro, basta frequentar as reuniões, participar das leituras e produzir e apresentar textos literários. Não há cobrança de taxa de inscrição ou pagamento de mensalidades. Os encontros acontecem de março a novembro, na Sala da Alameda ou no Auditório Santa Bárbara, no Forte de Copacabana, na Avenida Atlântica, Posto 6.