Luiza Lunardi

     No dia 16 de julho aconteceu a XVII Conferência Clean Up The World 2019, no Hotel Belmond Copacaba Palace. O evento, que ocorre desde 2002, contou com a presença da diretoria da iniciativa, além de palestrantes e convidados. Os debates giraram, principalmente, em torno do tema “poluição do ar”, foco do encontro deste ano, mas também abrangeram outras pautas relacionadas à preservação do meio ambiente.

     A reunião foi aberta pelo diretor da Amigança Produções e membro do Clean Up The World, Hildon Carrapito. Também participaram representantes das prefeituras de Petrópolis, Armação dos Búzios, Magé e Mesquita, além do secretário de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, Marcelo Queiroz, que ressaltou a importância da limpeza das praias do município e declarou total apoio às ações realizadas pela iniciativa. Queiroz garantiu a participação efetiva da Secretaria de Meio Ambiente (SMAC) como copatrocinadora do próximo evento da Clean Up The World, que ocorrerá na manhã do dia 21 de setembro.

     Uma palestra sobre poluição do ar, ministrada pelo professor doutor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro Adacto Ottoni, especialista em desenvolvimento sustentável, ainda marcou a conferência. Outra atividade realizada foi a palestra do representante da empresa ECP, Daniel Cortinhal, que exemplificou como sua equipe atua na gestão ambiental do campo de golfe olímpico da cidade, único de nível internacional da América Latina.

    Vindo de São Paulo, o empresário italiano Virgínio Danesin apresentou aos presentes a tecnologia “future recycling”, que abrange máquinas inteligentes para a coleta de resíduos. Para o presidente da Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Rio de Janeiro, Haroldo Mattos de Lemos, que compôs o comitê da conferência, a inovação apresentada é de extrema importância e está diretamente relacionado com o trabalho feito pela Clean Up. “O lixo não é jogado fora, ele é jogado dentro da nossa casa, de nosso único planeta”, destaca.

     Para o evento que acontecerá no dia 21 de setembro, uma nova parceria com a fundação “Plastic Ocean” foi anunciada. Com isso, a Clean Up The World pretende atingir mais pessoas através da limpeza das praias, dos rios, dos lagos e das lagoas, ação para a qual é esperada ampla participação da sociedade carioca.