O carnaval é uma data que divide opiniões. Há quem ame, mas também há quem não aprecie. Existe, ainda, uma parcela do público que gosta de aproveitar um pouco, mas prefere programações alternativas nos demais dias. Entretanto, procurar opções de passeios durante a festa pode ser bastante complicado visto que muitos espaços não funcionam nessa época. Confira algumas opções que estarão de portas abertas durante a festa.

Instituto Moreira Sales

     Funcionamento normal apenas sábado e no domingo (das 11h às 20h). Nesses dias, o público pode prestigiar a exposição “Marc Ferrez: Território e Imagem”, com imagens do fotógrafo que registrou mudanças no Brasil entre 1867 e 1923. A mostra é composta por mais de 300 itens dentre fotografias, álbuns, negativos, câmeras e muito mais. Em paralelo, o cinema do local exibirá quatro filmes: “O Paraíso Deve Ser Aqui”; “Antologia da Cidade Fantasma”; “Nós” e “Modo de Produção”. Os horários, assim como as sinopses, podem ser conferida em www.ims.com.br. (Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea | entrada franca para a exposição e R$13 e R$26 para os filmes – valores correspondente à meia entrada e à inteira, respectivamente)

Jardim Botânico

     Os horários de funcionamento serão afetados apenas durante as passagens de blocos na Rua Jardim Botânico. Os dias e horários das interrupções serão anunciadas, em breve, no site www.jbrj.gov.br e nas redes sociais. (Rua Jardim Botânico, 1.008, Jardim Botânico | entrada: R$7,50 e R$15, meia entrada e inteira, respectivamente)

Parque Lage

    O local funcionará normalmente durante todos os dias, com exceção da terça-feira. Além de caminhar pelos jardins e conferir o palacete eclético erguido por Henrique Lage em 1920, o público poderá prestigiar a exposição “Estopim e Segredo”, que traz trabalhos de 25 artistas plásticos – naquele período, entretanto, apenas os de quatro deles poderão ser conferidos. (Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico | entrada franca)

Parque da Catacumba

     O espaço fecha apenas na segunda-feira de carnaval, mantendo as portas abertas nos demais dias. Trata-se de mais uma opção que proporciona contato com a natureza. Há ainda a possibilidade de percorrer as trilhas que levam a mirantes, de onde pode-se conferir a vista da Lagoa. (Avenida Epitácio Pessoa, 3.000, Lagoa | entrada franca)

Centro Cultural Banco do Brasil

     O espaço manterá as portas abertas durante no sábado e no domingo. Na segunda-feira, a programação ainda não foi definida. Já na terça, o espaço não irá funcionar. Nenhuma exposição temporária estará em cartaz, mas as de longa duração poderão ser visitadas. São elas: “O Banco do Brasil e Sua História”, que apresenta uma linha do tempo da instituição, fundada em 1808, e “Galeria de Valores”, com a trajetória da evolução da moeda – mais de 2 mil peças, algumas milenares, estão expostas. Além delas, os os espetáculos teatrais “Leopoldina, Independência e Morte” e “Billdog 2” serão apresentados normalmente. No cinema, o público poderá assistir “Mel Brooks: Banzé No Cinema”. Mais detalhes da programação podem ser obtidos em www.culturabancodobrasil.com.br. (Rua Primeiro de Março, 66, Centro | entrada franca para as exposições; para os teatros, R$30 a inteira e R$15 a meia; para o cinema, R$10 a inteira e R$5 a meia)