Luiza Lunardi

     Desde o dia 15 de agosto, os atendimentos da agência de Copacabana do Detran foram suspensos. De acordo com aviso afixado na porta do estabelecimento, que se localizava no interior do galeria da esquina das ruas Siqueira Campos e Barata Ribeiro, os serviços seguem sendo oferecidos na nova unidade Ipanema, na Rua Barão da Torre, junto ao Complexo Rubem Braga. O fechamento repentino gerou reclamações dos usuários, que se manifestaram através das redes sociais e associações de moradores.

  Para o presidente da Sociedade Amigos de Copacabana (SAC), Horácio Magalhães, o encerramento das atividades é um retrocesso para o bairro. “Copacabana é uma das localidades com maior densidade populacional da cidade. Somos quase 200 mil residentes, mais tanta gente que trabalha e estuda aqui. O fechamento da unidade do Detran afeta todas essas pessoas, que agora se veem obrigadas a procurar o órgão em Ipanema”, reclama.

   Segundo Horácio, a medida não foi previamente avisada à comunidade. “Foi arbitrário. Comecei a ouvir burburinhos sobre a mudança umas duas semanas antes da suspensão dos atendimentos. Na segunda-feira anterior fui até a galeria em que a unidade funcionava e perguntei ao segurança se era verdade. Só então tive a confirmação. Uma semana depois fechou. Agora a loja já está até com um aviso de ‘aluga-se’ na porta”, afirma.

     Nas redes sociais, usuários também mostraram insatisfação através de postagens e comentários. “Não entendo como um serviço que funcionava tão bem pode acabar! Fiz a segunda via da minha identidade lá em menos de meia hora”, indignou-se uma moradora. “Um absurdo! É o governo sempre trabalhando para nos prejudicar. Um lugar tão populoso quanto Copacabana sem uma agência do Detran””, lamentou-se outra. Alguns ainda especularam o motivo do fechamento e se mostraram descrentes quanto ao lugar escolhido para a nova unidade em Ipanema.

    O endereço alvas de críticas, abrigou, até outubro de 2017, um Poupa Temporeunindo diversos serviços de utilidade pública. Entretanto, após esta data, o prédio foi fechado, e sua situação de abandono foi denunciada por moradores e passantes. O local é situado junto ao elevador do Morro do Cantagalo, parte do Complexo Rubens Braga, que se encontra fechado há, pelo menos, oito meses, intensificando o cenário de descaso.

    Em nota oficial, o Detran-RJ informou que a inauguração da nova unidade de Ipanema permitiu a ampliação da oferta de serviços à população em 80%, fora a eliminação do custo de aluguel do antigo imóvel em Copacabana, já que o prédio do Complexo Rubens Braga é propriedade do governo estadual. Além disso, o órgão reforça que o local em questão é central para diversos bairros da Zona Sul, sendo de fácil acesso por ônibus, metrô, táxis, veículos de aplicativos e bicicletas.