Enquanto o isolamento social continua, um dos espaços mais icônicos do bairro segue de portas abertas, virtualmente. O Forte de Copacabana disponibiliou a visitação digital ao seu museu. Todas as salas podem ser conferidas, gratuitamente, por meio do Google Maps. A ferramenta permite que que o público percorra espaços variados, proporcionando visão panorâmica de quase todos os cenários.

     Lugares como a antiga fortificações não foram contemplados pela novidade, assim como o salão de exposições temporárias. Por este motivo, não é possível seguir a visita de maneira contínua, sendo necessário acionar a ferramenta mais de uma vez. Assim como na realidade, o indicado é começar o passeio pela Alameda Octávio Corrêa, de onde é possível vislumbrar toda a orla e as peças de artilharia expostas naquela passagem.

De lá, pode-se seguir ao Museu Histórico do Exército, com os dois salões que permitem que o público contemple recriações de cenários representativos dos momentos relacionados. No “Colônia/Império”, a história do Brasil é contada sob a ótica militar. Passagens como a chegada dos portugueses, a colonização por meio das capitanis hereditárias e a Batalha dos Guararapes, que marcou a fundação do Exército, são alguns dos destaques do espaço, que ainda dedica um espaço para exaltar o patrono da instituição, Duque de Caxias.

Foto: Google Maps

Já em “República”, passagens como a Revolta da Armada, a Guerra dos Canudos, e muito mais é apresentado, assim como a contribuição de Marechal Rondon para a integração do território brasileiro, com acervo original do próprio. A Revolta dos 18 do Forte, primeiro movimento contra o tenentismo e ocorrido no próprio local, também é apresentado ali. A sala também valoriza a ação da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial.

Ao lado deste, fica o Salão dos Presidentes Militares, com objetos relacionados a estes governantes. A visita ao museu se completa com o Gabinete de Curiosidades, repleto de artigos que não se encaixam nas demais exposições, mas que por naturezas diversas ganham destaque no local, como miniaturas, medalhas e muito mais.

Apesar da antiga fortificação não ofecer o recurso de visita virtual, a cúpula dos canhões possui imagens que permitem a contemplação do local. É possível percorrer o entorno de um das peças, simulando uma caminhada pelo espaço, além de vislumbar o outro lado da vista, que engloba até a Pedra do Arpoador.

Os links de cada seção podem ser acessados em:  www.mhexfc.eb.mil.br/pt-br/ultimas-noticias/287-voce-sabia-que-e-possivel-faazer-uma-visita-virtual-no-mhex-fc.html