(Foto: Divulgação)

Apesar da crise sanitária em todo mundo, a solidariedade não pode parar. Mulheres que passaram por mastectomia (retirada do seio) em função de câncer terão a oportunidade de fazer gratuitamente a reconstrução da aréola por meio de tatuagem hiper-realista na quinta edição do Y Rosa, que acontece de 19 a 25 de outubro no Yurgan Tattoo Studio – Rio de Janeiro.

O projeto social, que foi idealizado pelo casal Yurgan e Anne Barret, busca relembrar a importância do diagnóstico precoce e atender mulheres que venceram o câncer de mama a ressignificarem suas dores e recuperarem a autoestima.

“Participar do Y Rosa foi de muita importância. Fiz a reconstrução da aréola, que com certeza levantou minha auto estima, me deixou mais segura, confiante e bem mais feliz! Foi uma benção na minha vida pois era algo que me incomodava muito.” Diz Zelia M. N. Souza.

O câncer de mama é a neoplasia maligna mais incidente em mulheres na maior parte do mundo. No Brasil, as estimativas de incidência de câncer de mama são superiores a 59.700 casos novos/ano, o que representa quase 30% dos cânceres em mulheres, excetuando-se o câncer de pele não melanoma.

Nesse cenário, o planejamento de estratégias de controle do câncer de mama por meio da detecção precoce é fundamental. Quanto mais cedo um tumor invasivo é detectado, maior a probabilidade de cura.

Pensando nisso, a cada ano, Yurgan e Anne colocam mais energia para fazer o Y Rosa crescer pois querem que mais mulheres se conscientizem da importância do diagnóstico precoce e descubram que após se curarem existe a possibilidade da tatuagem hiper-realista para elas se sentirem ainda mais completas e confiantes.

“Durante a campanha, nossa principal ação é a reconstrução de aréola por meio de tatuagem hiper-realista e a cobertura de cicatrizes com arte desenvolvida especialmente para a cliente. A cada reconstrução, a cada história compartilhada nos emocionamos e nos curamos juntos. Aprendi com o Y Rosa o quanto podemos encontrar na arte um processo de expressão, transformação e recuperação”, disse Yurgan, um dos top 10 tatuadores do Rio, conhecido por tatuar várias celebridades.

O Y Rosa já atendeu mais de 100 mulheres e nesta edição está ainda mais completo. Será oferecido gratuitamente  pelo Yurgan Tattoo Studio e seus parceiros o redesenho de aréola, por meio de tatuagem hiper-realista; as sobrancelhas realistas, pela técnica de micropigmentação fio-a-fio; palestras motivacionais e grupos de discussão on-line; além de muitos sorteios para todas as inscritas

“Esse foi um projeto que me deixou muito satisfeita, pois devolveu minha autoestima, minha vida. Realmente senti que voltei à vida! Nossa autoestima aumenta e muito. Ver o meu seio formado e desenhado foi transformador, a conclusão de uma etapa importante na cura da doença.” Relato de Rosângela que participou do projeto em 2018.

O projeto, que já teve edições no Rio de Janeiro e Santa Catarina, terá uma agenda especial para garantir a segurança de todas as participantes e dos artistas nesse cenário de distanciamento social.

“Esse é um projeto que organizamos anualmente com muito carinho. Foi a forma que encontramos de usar a nossa arte para um bem maior. Em 2018 recebemos o prêmio de Cidadania pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e isso nos deu ainda mais energia para continuar.”, afirma Anne Barret.

Quem quiser mais informações ou fazer agendamento, pode se inscrever pelo site: www.yurgantattoo.com.br ou pelo Instagram @yurgantattoo.